NaturalTec | Telefones: +55 (011) 5562.1669 / 5072.5452 / 5565.3254 |naturaltec@naturaltec.com.br
Difusores de Ar 2017-10-10T17:01:34+00:00

Difusores de Ar

Aeradores por ar difuso apresentam alta capacidade de dissolução de oxigênio na água e usados para o tratamento de efluentes industriais e municipais; são usados também em tanques de oxidação, agitação, estabilização, homogeneização, flotação, controle de microrganismos e aquicultura. A eficiência de aeração depende da profundidade a que são colocados, sendo valores de 6-7% de transferência de oxigênio para a água, por metro de aprofundamento, considerados normais.

Aeradores Armax – Difusores planos e tubulares

 

Difusores: não permitem incrustações ou entupimentos, mesmo em severas condições de trabalho; Fabricados em diversos tipos de membranas: silicone, poliuretano, etc..; Para cada modelo: furação bolhas médias (1-3 mm) ou bolhas finas (0,5 a 1,5 mm).

Consumo de Energia – Eficiência de Aeração: o suprimento de oxigênio é o maior item de consumo de energia, podendo representar de 50 a 90% do total. O uso de sistemas eficientes de aeração pode economizar ate 50% dos custos com energia razão pela qual mais de 1300 estações de tratamento de efluentes, municipais e industriais agora usam aeração por micro poro nos EUA. ( EPA-USA em 1989).

Comparativo com outros sistemas

T* – Transferência de O2 em água limpa (Quantidade de O2 transferido/Quantidade total de O2 fornecido (%)

E** – Energia Necessária (Gr O2/Gr O2 fornecido/KWH)/ EPA – Environmental Protetion Agency – USA, – 1982 (EPA-600/2-82-003)

No EPA 832-F-99-065 de Setembro 1999, o EPA relaciona casos de estações de tratamento de efluentes americanas onde se substituíram os equipamentos de aeração por difusores visando reduzir custos de energia:

Sistemas Especiais Submersíveis | Modelos

Gaiola Removível: Unidade aeradora formada por 4, 6 e 8 tubos (200 litros a 3200 litros ar/minuto) com um sistema de lastro próprio não necessitando de ancoragem. São retiráveis do tanque quando em manutenção.

Recobrimento de Fundo: a mais comum e tradicional das instalações; os difusores são colocados a distâncias mínimas de 30 cm uns dos outros e a 30 cm do fundo.

Recobrimento Lateral: não se faz aeração central no tanque, observa um movimento de água ascendente nas laterais que se dirige ao centro e então mergulha para o fundo. A inércia do movimento é excelente, tanques de 4000 m3 podem girar a cada 2-3 minutos com um suprimento de ar de 200 m3/hora e com um soprador de 11 KW. Este arranjo faz aumentar a eficiência da aeração e pelo fato de estar localizado na lateral é mais fácil a manutenção. É hoje um sistema muito adotado em grandes e pequenas estações de tratamento da Europa.