NaturalTec | Telefones: +55 (011) 5562.1669 / 5072.5452 / 5565.3254 |naturaltec@naturaltec.com.br
Elevatória 2018-03-13T16:39:20+00:00

Tratamento Preliminar | Estação Elevatória

Estações Elevatórias dentro de uma estação de tratamento de água, são unidades providas de bombas hidráulicas e tanques que elevam e aumentam a pressão do líquido em um sistema de captação ou distribuição da água limpa ou residuária (efluentes e esgotos). O efluente deve estar filtrado e peneirado antes de ser elevado. A Estação Elevatória prepara a água para entrar em tratamento em reatores biológicos, reatores físico-químicos, decantadores, filtros e desinfecção. As Estações Elevatórias, também chamadas Poços de Bombeamento, são utilizadas para a elevação de efluentes provenientes de zonas de drenagem abaixo da cota da rede principal. Estes equipamentos permitem ultrapassar as dificuldades de topografia do terreno, tornando possível a ligação de coletores de drenagem com perfis diferentes a um coletor central. As Estações Elevatórias normais são compostas por:

  • Câmara de entrada equipada com gradagem, válvula mural e by-pass;
  • Câmara de bombeamento com grupos elevatórios em reserva ativa;
  • Caixa de válvulas com seccionadores, válvulas antirretorno e evacuação coletor;
  • Quadro eléctrico de comando.

Estas instalações podem gerar odores por gás sulfídrico (H2S) e devem ter duplo jogo de bombas para o caso de falha mecânica. O equipamento típico é formado de bombas, válvulas, peneiras, controle de alarme e tanque, que é a própria Estação Elevatória. O tempo de detenção hidráulica deve ser de 10 a 30 minutos e a capacidade de bombeamento igual à de maior vazão de água produzida.

Modelos de Estações Elevatórias

A Naturaltec/SNatural produz estações elevatórias enterradas e de superfície com simplicidade de operação necessitando apenas de um primeiro depósito de coleta/recepção, como por exemplo uma fossa ou decantador. A elevatória é composta de uma bomba e um injetor/succionador da água para tratamento. Este injetor eleva a água ou efluente para o nível necessário para o tratamento a seguir.

Estação Elevatória Móvel

A Estação Elevatória necessita de tratamento preliminar para remoção de sólidos grosseiros (fossa séptica, separador de água-óleo, etc..) e o motor fica ligado.

Usos da Estação Elevatória Móvel

  • Coleta de água e efluentes ao nível do solo ou dentro de um primeiro tanque de coleta;
  • Pode ser montada com reservatório;
  • Para operações com variação de vazão (Ex.: lava rápido) e sem reservatório quando a vazão de água do processo é constante;
  • Não usa bomba submersível;
  • A montagem é na superfície do solo;
  • Abastecimento de reatores biológicos e tratamentos físico-químicos;
  • Lavagem de automóveis (lava rápido)
  • Lavagem de frutas
  • Esgotos domésticos
  • Efluentes Industriais

Opções de Estações Elevatórias

Estação Elevatória Móvel sem depósito anterior: a água de processo é direcionada continuamente para o tanque alto para tratamento posterior por gravidade. Estação Elevatória Móvel com tanque anterior ao processo: a água é elevada do tanque depósito, decantador ou equalizador para o tratamento posterior. Elevatória sem Tanque de Recepção para tratamento continuo de água de processo para posterior Tratamento Físico-Químico. Equipamento prático para usos gerais podendo ser usado para: Remoção de partículas com acoplamento de filtros bag ou cartucho, etc..; Filtração de Lodo e resíduos de fundo decantados em tanques; Transferência de líquido; Capacidade de Sucção e Recalque de 0,3 bar ou 3 m.c.a.

Vantagens

  • Sistema móvel de fácil acomodação e implantação;
  • Simples Engenharia Civil;
  • Sem perfuração no solo (mínima);
  • Sem necessidade de impermeabilização do solo;
  • Sem odores devido à aeração constante;
  • Sem uso de bóia pêra, automação, indicadores de nível, alarmes, etc.;
  • Sem necessidade das caras bombas submersas;
  • A água poderá ser elevada a qualquer altura (7 a 8 m) e armazenada em tanques apropriados ou na seqüência do tratamento por gravidade;
  • O motor da bomba não corre o risco de queimar porque trabalha escorvado.