NaturalTec | Telefones: +55 (011) 5562.1669 / 5072.5452 / 5565.3254 |naturaltec@naturaltec.com.br
Flotadores 2017-08-18T19:56:27+00:00

Flotação e Flotadores – Tratamento Preliminar da Água

A flotação no tratamento de efluentes e água separa líquidos de sólidos com nuvens de microbolhas de ar que arrastam as impurezas em suspensão para a superfície. Para aplicações industriais se usa a flotação por ar dissolvido, com microbolhas da ordem de micra e a flotação por ar disperso, com bolhas maiores, para arraste de partículas de maior facilidade de remoção.

A eficiência da flotação ou flotador depende da relação ar/sólidos e tamanho da bolha. Quanto maior a quantidade de ar e menor o tamanho da bolha, mais eficiente o flotador. As bolhas produzidas no flotador têm efeito sobre a agregação das partículas e uma boa dispersão ar/sólidos para a colisão e agregação de partículas com as microbolhas é indispensável.

O flotador funciona por redução de densidade das impurezas fazendo-as flutuar.

As microbolhas produzidas na câmara de flotação se prendem às partículas sólidas e óleos formando aglomerados carregados para a superfície. A espuma produzida na superfície é então retirada.

Obs.: A flotação/flotador funciona para partículas com densidade semelhante ou pouco acima da água e óleos/graxas.

A flotação permite o controle e remoção de gases e odores da água; o oxigênio/ar fornecido ao líquido em flotação leva a oxigenação à saturação.

Com a oxigenação temos um controle dos agentes de produção de odores (microrganismos) e dos gases dissolvidos no efluente.

Aplicações – Flotação

Águas Abastecimento e Lazer: Remoção de Ferro ( Fe), Manganês (Mn), cor, Sólidos Solúveis Totais (SST) e turbidez (T). Remoção de SST, algas, turbidez, cor, óleos, etc;

Pré e Pós- Tratamento Esgotos: Remoção de Gorduras, SST e particulados grosseiros (DBO insolúvel); Remoção de nutrientes (Amônia -NH3 e Fósforo – P), algas, cor, SST e turbidez;

Efluentes Industriais: Remoção de gorduras, SST, particulados grosseiros (DBO insolúvel) e Fibras; Remoção de nutrientes (NH3 e P), algas, cor, SST, turbidez, metais precipitados, óleos (emulsionados ou não), microrganismos, pigmentos, compostos orgânicos e macromoléculas.

Reuso ou reaproveitamento de águas de processo.

Outros: Tratamento de minérios, celulose e papel, reutilização de tintas, plásticos, química analítica, aqüicultura, limpeza de tanques e lagos de interesse paisagístico etc..

Obs.: Flotadores podem substituir ou complementar o trabalho de clarificadores trabalhando em sobrecarga.

Flotadores operando sem coagulantes (sulfato de alumínio, cloreto férrico e polímeros), podem remover 40 a 65% de sólidos em suspensão na água em tratamento e 60 a 80% de óleos e graxas; com coagulantes podem retirar 80 a 93% dos sólidos e 85% dos óleos e graxas.

Os flotadores são usados como pré-tratamento da água e efluentes para redução de carga orgânica (DBO), pré-separação de resíduos minerais, vegetais e orgânicos, recuperação de óleos emulsionados, fibras de papel, efluentes de curtumes, refino de óleo, conservas, lavanderias, recuperação de lanolina, matadouros e frigoríficos, petroquímicas, fabricas de celulose e papel e mineradoras e adensamento de lodo ativado produzido em reatores biológicos.

São usados também para controle de odores da água e como sistema de oxigenação temporário da água ou fluido.

O sistema mais comum é o tipo FAD (flotação por ar dissolvido) que, por pressão, dissolve o ar na água e quando liberado à pressão atmosférica libera microbolhas.

Os sistemas de flotação da Naturaltec podem ser do tipo Flotação em Coluna, FAD ou Tipo BAF. Utiliza ar disperso produzido a baixo custo, podendo os flotadores serem conjugados para atender qualquer vazão necessária.